Luisa Mell publica imagens de câmera de segurança do Carrefour

A ativista dos animais Luisa Mell visitou nesta terça,  4 de dezembro, em Osasco, a delegacia de investigações sobre infrações contra o meio ambiente (D.I.I.C.M.A.) para ver as imagens das câmeras de segurança do supermercado Carrefour, cedidas pela própria empresa à polícia. Um segurança da rede é acusado de espancar e matar um cachorro que circulava pelo estabelecimento na região metropolitana.

Estavam lá também o delegado e deputado estadual eleito Bruno Lima, o político e jurista Fernando Capez e uma protetora da ONG Bendita Adoção, que acompanhou o caso desde o início.

As gravações exibem uma funcionária alimentando o vira-lata um dia antes de sua morte. Luisa diz, aos prantos, que possivelmente a moça iria adotá-lo.  As imagens do dia seguinte mostram um segurança conduzindo o animal, a contragosto, para os fundos do mercado. Depois, o vigilante, com uma barra de alumínio na mão, corre atrás do pet, que aparece em outro quadro sangrando.

O cãozinho se esconde dentro do mercado e, algum tempo depois, retorna para a área externa levado pelo funcionário. Aí, ainda sangrando, é cercado por um grupo de pessoas até a chegada do Departamento de Fauna e Bem-Estar Animal. Em suas redes sociais, a ativista reclamou do modo que a equipe da prefeitura pega o vira-lata ferido, que se sacode e tenta escapar.

Assista ao vídeo:

 

Fonte: Veja SP

Vídeo: Educadora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *