Ser vegano deixa de financiar a morte de até 200 animais por ano

Quando uma pessoa reconhece a importância do veganismo e torna-se vegana, ao final de um ano ela terá deixado de financiar a morte de até 200 animais, e isso contabilizando apenas aqueles que são explorados e mortos para fins alimentícios. O número é baseado em uma estimativa da organização Pessoas Pelo Tratamento Ético dos Animais (PETA).

“Como vegano, você estará defendendo esses animais e todos os outros animais que sofrem nas fazendas e nos matadouros. Terá a consciência limpa e será capaz de olhá-los nos olhos sem culpa enquanto se compromete em melhorar a vida deles ao mesmo tempo em que melhora a sua”, destaca a entidade.

Mais do que nunca é fácil ser vegano, ainda mais considerando a quantidade de opções, informações e guias que facilitam e muito a transição para o veganismo. Ainda assim, o que muitas pessoas continuam colocando como obstáculo é exatamente a mudança na alimentação em decorrência da primazia do paladar.

No entanto, é algo que já não se justifica, considerando que ser vegano está longe de significar uma abstenção de diversidade e sabores. Muito pelo contrário, já que o veganismo estimula até mesmo pessoas que antes nunca cozinharam a se arriscarem na cozinha e a consumirem alimentos que até então nunca experimentaram porque estavam imersas em vícios do paladar e costumes.

Além disso, uma mais fácil identificação de produtos veganos e a crescente oferta de opções veganas, inclusive em restaurantes, assim como o reconhecimento de que é possível ser mais saudável como vegano, se fizermos boas escolhas alimentares, também são fatores que têm aproximado muitas pessoas de uma consciência em que ser vegano já não é visto com estranheza.

E, claro, há muitos alimentos e outros produtos que as pessoas já consumiam que são veganos, ainda que não tenham percebido isso – o que torna injustificável perguntas como “Vegano come o que?” “Acidentalmente, muitos alimentos que as pessoas [não veganas] amam são veganos”, reforça a PETA.

Nota Portal VegNutri: Vegano como o que? Arroz de todas as variedades, feijões, brócolis, alface, chicória, rúcula, cenoura, aveia, batatas, leguminosas, castanhas, amêndoas, todas as frutas, todos os legumes, todas as verduras, macarrão, todos os sucos de frutas, geléias de frutas, enfim, tudooooo, exceto os animais e seus derivados. Fácil assim!!!

Fonte: Vegazeta

Imagem: Embrapa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *