Apaixonados por gatos e café ganham novo espaço no Rio de Janeiro

Em uma viagem ao Japão, no ano de 2018, a jovem empresária Giovanna Molinaro, de 25 anos, ficou encantada ao visitar algumas cafeterias do país asiático, que permitem que humanos e gatos convivam harmonicamente no mesmo ambiente. Não demorou muito, e Molinaro trouxe esse conceito mundialmente famoso de empreendimento comercial – conhecido como “Cat Café” – para terras cariocas. No dia 21 de julho, ela inaugurou em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro, o GatoCafé, primeiro espaço com essa temática no Rio.

Inspirado nesse formato oriental que logo se espalhou pelo mundo, a jovem se associou a sua mãe, Branca, para poder realizar o sonho, que hoje tem endereço, um imóvel centenário, tombado pelo Iphan, no número 26 da Rua das Palmeiras. Arquiteta de formação e amante de gatos, ela conta que tudo na nova Casa remete aos animais. Desde a fachada, passando pela decoração personalizada, até as comidas e bebidas servidas.

O novo ponto comercial e felino de Botafogo, foi dividido em duas partes, até para atender as exigências sanitárias que um empreendimento como esse exige. O imóvel de 100 metros quadrados conta com uma área dedicada à cafeteria e outra aos gatos. Os frequentadores também podem conectar seu computador e trabalhar nesse ambiente leve, cheio de gatinhos e degustando os quitutes do local.

O cardápio é um dos grandes destaques do GatoCafé, com todas as guloseimas fazendo menção aos bichanos. Entre eles, o biscoito gato, cujo formato é o rosto de um felino e o Brownie Cookie, com detalhes das patinhas dos bichinhos. As xícaras e canecas também são customizadas, com orelhinhas de gato. Há ainda, no menu, opções veganas e petiscos voltados para as crianças.

“Dentro dessa questão das comidas, nós optamos por trabalhar com fornecedores mais artesanais. Porque nós acreditamos que as coisas são feitas com mais carinho, uma vez que, normalmente, é feita pelo próprio dono da pequena empresa e eles conseguem fazer essas personalizações que são tão importantes para o nosso conceito“, Destaca a administradora do GatoCafé.

Doações – Há, ainda, a possibilidade dos clientes adotarem um dos sete gatos que vivem no local. Ao se interessar por um dos bichinhos, os consumidor pode entrar em contato com a instituição Bigodes do Bunker – Parceira da GatoCafé – para se candidatar ao processo de adoção. Com direito, inclusive, a exibição de fotos junto ao gatinho adotado na parede do estabelecimento.

“Nos Estados Unidos, principalmente, eles fazem muito [Catcafé] relacionado a adoção. E eu queria fazer muito algo assim, um espaço legal mas ao mesmo tempo ajudar os gatinhos de rua. Eu sempre ficava muito tocada quando eu via um gatinho na rua, eu sempre queria ajudar. Embora eu não acredite muito nessa questão de acumular gatos. Isso era algo que me incomodava, o jeito como é feito a adoção, as pessoas fazem mais pela aparência, e gato é um bicho de muita personalidade. Eu sempre acreditei que você precisa conhecer o gatinho antes de adotar pra saber se a sua personalidade combina com a dele. A nossa ideia é essa, que as pessoas possam vir ao nosso espaço, conviver com os gatinhos e ver qual o que mais combina com eles, para aí sim poder adotar. Dessa forma, as adoções possam ser mais bem sucedidas e a taxa de devolução dos animais vai ser muito menor“.

GatoCafé – Rua das Palmeiras, 26 – Botafogo, Rio de Janeiro
Telefone: 21 – 3283-5469
Horário de funcionamento: Terça a domingo, 10h às 19h
Fonte: DiáriodoRio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *