Circo alemão decide trocar animais de verdade por hologramas

O Circo alemão ‘Roncalli’ decidiu trocar animais de verdade por hologramas, imagens digitais que parecem reais e são exibidas durante os shows. O espetáculo combina o show de trapézio dos palhaços com um arsenal de animais holográficos de todo o mundo. Eles investiram € 500 mil euros, cerca de R$ 2 milhões, na técnica.

 

O Roncalli optou por 11 projetores a laser Optoma ZU850, lentes BX-CTA03 estrategicamente localizadas em uma tenda de 32 metros, o resultado é fantástico. Os animais que são recriados podem ser vistos a 360 graus, então ninguém fica sem vê-los. Peixe voador, cavalos galopantes, elefantes podem ser vistos nesta proposta inovadora que promete revolucionar a indústria do circo como a conhecemos.

Como – Os elefantes são projetados na direção da multidão e, em seguida, um peixe laranja brilhante nada na areia. Graças à nova tecnologia, os circos podem deixar de mostrar animais vivos que tinha uma vida de estresse e abandono.

“A maioria dos números já seria tocada por artistas e palhaços de qualquer maneira. O foco do Circo Roncalli está nos números poéticos e acrobáticos, disse o diretor do circo, Peter Hajek.

Com o maior conhecimento público sobre as crueldades que os animais sofrem por trás da vida do circo, muitos governos estão proibindo o uso de animais, o que poderia significar que esses espetáculos holográficos seriam o circo do futuro.

Pioneiro

O Circus Roncalli é pioneiro neste quesito. “Felizmente, o público está visitando mais e mais shows onde os artistas podem escolher se apresentar, em vez de serem forçados a agir”, disse Jan Creamer, presidente da Animal Defenders International, ao The Dodo.

“Este é o futuro do circo: uma performance que todos podem desfrutar e para a qual seres inteligentes e sensíveis podem se fazer representados.”

Fonte: Sónotíciaboa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *