1° de novembro: Dia Mundial Vegano

O Dia Mundial do Veganismo ou Dia Mundial Vegano (World Vegan Day, em inglês) é comemorado todo dia 1º de novembro. A data celebra em todo o planeta a consciência vegana, ou seja, um ato de protesto contra o consumo de produtos de origem animal, e foi estabelecida em 1994 por Louise Wallis, então presidente da Vegan Society da Inglaterra, a instituição vegana mais antiga do mundo, a que oficializou e cunhou o termo “vegano”.

Louise estabeleceu que todo dia 1º de novembro seria comemorado o Dia Mundial Vegano justamente no aniversário de 50 anos da Vegan Society, criada em 1944.

Ser vegano é ter uma ideologia de vida baseada nos direitos dos animais, vivendo de forma saudável e apoiando um sistema planetário mais ecológico e sustentável. Todo ou qualquer tipo de alimento, produto, vestimentas, ações, eventos provenientes do abuso, maus tratos, exploração e comercialização de animais não faz parte da vida dos veganos, além de serem contra, lutam na tentativa de banir essas ações cruéis.

Segundo George Guimarães, nutricionista vegano e presidente da ONG Veddas (Vegetarianismo Ético, Defesa dos Direitos Animais e Sociedade), uma dieta vegetariana não traz nenhum prejuízo à saúde e, sim, benefícios. “É adequada para todas as fases da vida e praticada com critérios que não colocam a saúde em risco”, afirma. Os critérios citados por Guimarães incluem um reaprendizado na maneira de se alimentar.

A dieta vegetariana é adotada por pelo menos 15,2 milhões de brasileiros, segundo pesquisa realizada pelo Ibope em 2012, o que representa 8% da população. As pessoas podem optar por dietas sem o consumo de carne por orientação médico-nutricional ou pela busca por mais saúde. Alguns movimentos religiosos ou espirituais também defendem o veganismo, em busca de níveis mais elevados de consciência ou evolução espiritual.

Questões ambientais também são um fator importante, já que a pecuária é apontada como um dos principais motivos de degradação ambiental. A criação de animais para consumo é responsável por 62% do desmatamento ilegal na Amazônia, segundo estudo do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Feliz dia Mundial do Veganismo a todos que vivem nessa prática espontânea de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *