A Câmara de Cascais, em Portugal, acaba com consumo de água em garrafas de plástico

A Câmara de Cascais, em Portugal, começou a fornecer garrafas de vidro a quem trabalha em gabinetes ou um cantil aos funcionários que trabalham no exterior. A Câmara decidiu acabar com a utilização de plástico no consumo de água e retirar assim de circulação meio milhão de garrafas de plástico, o que daria para encher com esse material duas vezes o Farol de Santa Marta nesta vila de Cascais, distrito de Lisboa.

“Estamos a fazer uma convocatória aos colegas do universo da Câmara Municipal de Cascais para combaterem o uso do plástico”, disse Carlos Carreiras ao tomar parte num gesto que doravante será diário, ou seja encher a sua própria garrafa de vidro num dispensador de água.

“São ações muito simples que qualquer um pode seguir e, para isso, a Câmara está a fornecer garrafas de vidro a quem trabalha em gabinetes ou um cantil para os que trabalham no exterior”, afirmou.

“Isto vai levar a que abandonemos as garrafas de plástico que tem imensas repercussões negativas sobre o ambiente, sobre a própria biodiversidade, nomeadamente nos Oceanos”, recordou, sublinhando: “um gesto tão simples de cada um dos colegas do universo municipal vai levar a que se poupe o equivalente, para dar uma imagem, a encher duas vezes o Farol de Santa Marta com garrafinhas de plástico”. “Isto levará a uma poupança de dinheiro e é uma atitude amiga do ambiente, concluiu o autarca.

Fonte: Cascais.PT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *