Famoso chá inglês é denunciado por conter glifosato

A Organic Consumers Association (OCA) processou a Twinings North America por propaganda enganosa. A OCA contesta rotulagem, venda e marketing do Twinings Green Tea e do Green Tea with Mint, que a empresa vende como 100% natural, mas que na realidade não são.

De acordo com os resultados dos testes realizados por um laboratório independente, os resíduos de glifosato, herbicida classificado como provável ​​carcinógeno pela Organização Mundial da Saúde, foram encontrados nas amostras destes chás.

As análises, realizadas usando espectrometria de massa, também revelaram a presença de dois outros inseticidas sintéticos, ambos neurotóxicos: isi, extraído do tiaclopride, um neonicotinóide, e bifentrina, um piretróide.

O processo da OCA alega que a Twinings está enganando os consumidores, definindo seus produtos como 100% naturais, para que possam obter mais lucros vendendo mais que seus concorrentes e a preços mais altos.

Ronnie Cummins, co-fundador da OCA, declarou que:

“Nenhum consumidor razoável que leia as palavras ‘puro’ e ‘ingredientes 100% naturais’ nas embalagens Twinings e nas comunicações publicitárias esperaria que estes produtos contivessem resíduos de glifosato. Pesquisas com consumidores confirmam constantemente o fato de que compradores preocupados com a saúde confiam nos rótulos e nas informações disponíveis on-line para decidir sobre suas compras. Twinings deve eliminar o uso de pesticidas em seus produtos para poder defini-los como puros e 100% naturais, ou deixar de declarar que os são.”

Fonte: Greenme

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *