Francesinha, sanduíche típico de Portugal, em versão vegana

A Francesinha é hoje tida como um dos 10 melhores sanduiches do mundo e um dos símbolos do Porto, em Portugal. E esse famoso sanduíche também já aderiu à tendência do vegetarianismo. Uma mudança que o número de restaurantes com cartas dedicadas em exclusivo a este tipo de comida ou com opções sem carne e peixe leva a crer que chegou para ficar.

Elas continuam igualmente saborosas e não perdem o título de ícone gastronômico da cidade. Os derivados de origem animal dão vez a um recheio de legumes variados ou de alternativas feitas à base de tofu ou seitan. O queijo que coroa a sanduíche, para se tornar uma francesinha 100% vegetariana também é possível substituir por queijo vegetal.

O molho, segredo assumido de toda e qualquer casa de francesinhas, nestes casos também não é exceção. Certo é que não leva qualquer produto de origem animal, pelo que a base dos molhos é o tomate e as especiarias. Os restantes ingredientes reservam-se à discrição, como é de ser.

Veja na fotogaleria acima 4 francesinhas vegetarianas que valem mesmo a pena provar.

1. Em Carne Viva

Beringela, curgete, tomate grelhado, cebola caramelizada, ovo frito, tofu fumado e uma fatia fina de seitan assado recheiam a francesinha servida no restaurante Em Carne Viva. O chef Victor Rodrigues desvenda que o molho é feito à base de tomate fresco, especiarias e bebidas espirituosas. Para se tornar apta para veganos basta pedir para não colocar ovo e trocar o queijo de vaca por queijo vegetal ou por uma fatia de couve lombarda. Chips de batata doce amarela acompanham a especialidade.

Preço médio: 15 euros

2.Lado B

Em frente ao Coliseu do Porto, num dos restaurantes de francesinhas mais famosos da cidade, quem não come proteína animal, não deixa de poder experimentar a especialidade. Desde 2015 que há uma francesinha vegetariana, recheada com tofu fumado, salsicha e salsichão vegetais, e coberta com queijo, que pode ser de origem vegetal. A receita do molho, ligeiramente picante, é completamente vegan.

Preço médio: 12 euros

3. Pé d’Arroz

Em Matosinhos, todas as quartas, a francesinha vegetariana faz parte do buffet, podendo ser comida quantas vezes o estômago conseguir aguentar. O dono e chef do Pé d’Arroz, João Costa, criou a receita usando pão alentejano, um recheio de cogumelos portobello, beringela, curgete, cebola assada e ovo cozido, em vez de enchidos vegetais. Por cima, leva queijo de vaca ou vegetal, e serve-se com batatinhas assadas com casca. Para ser 100% vegano retira-se o ovo e opta-se pelo queijo vegan.

Preço médio: 7,50 euros

4. Francesinhas Al Forno da Baixa

Aqui não há uma, nem duas, mas sim quatro francesinhas sem qualquer produto de origem animal, incluindo o molho e o queijo, de uma carta com mais de 20 variedades. A escolha faz-se entre a de tofu, seitan, tempeh ou caril.

Preço médio: 10 euros

Mais opções:

Alfa Café Rua do Amial, 560 (Paranhos) Tel.: 223187851. Preço: 7 euros
Alho Porro Rua Manuel de Sousa Casal, 146, Rio Tinto (Gondomar) Tel.: 916542979. Preço: 10 euros
Duas de Letras Passeio de São Lázaro, 48 (Bonfim) Tel.: 225360333. Preço: 9 euros
Casanova Rua da Constituição, 691 (Marquês) Tel.: 220165536. Preço: 8 euros
Cultura dos Sabores Rua de Ceuta, 80 (Baixa) Tel.: 222010556. Preço: 10,90 euros
Oriente no Porto Rua de São Miguel, 19 (Baixa) Tel.: 222007223. Preço: 7,50 euros
Pecado Saudável Rua do Seixal, 18 (Marquês) Web: facebook.com/saudavelpecado. Preço: 9 euros
VGood Rua da Ranha, 378, Rio Tinto (Gondomar) Tel.: 224021918. Preço: 8 euros

 

Fontes: evasoes.pt

Portugaldelesales

Imagem: Fotografia: Artur Machado/GI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *