OMS recomenda que a indústria alimentar deixe de usar antibióticos

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

A OMS está recomendando que os agricultores e a indústria alimentar deixem de usar antibióticos rotineiramente para promover o crescimento e prevenir doenças em animais saudáveis.

As novas recomendações da OMS visam ajudar a preservar a eficácia dos antibióticos que são importantes para a medicina humana, reduzindo seu uso desnecessário em animais. Em alguns países, aproximadamente 80% do consumo total de antibióticos medicamente importantes está no setor animal, em grande parte para promoção do crescimento em animais saudáveis.

O uso excessivo e indevido em animais e seres humanos está contribuindo para a crescente ameaça de resistência aos antibióticos. Alguns tipos de bactérias que causam infecções graves em humanos já desenvolveram resistência à maioria ou a todos os tratamentos disponíveis, e há poucas opções promissoras no pipeline de pesquisa.

“A falta de antibióticos efetivos é uma ameaça de segurança tão séria como um surto de doença súbita e mortal”, diz o Dr. Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS. “A ação forte e sustentada em todos os setores é vital se quisermos reverter a maré da resistência antimicrobiana e manter o mundo seguro”.

Leia a matéria em inglês e na íntegra, aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *