Em Pauta

Por que absorventes descartáveis não são bons para saúde?

Tanto os absorventes externos quanto os internos não são saudáveis para as mulheres. Eles não são feitos apenas de algodão. Algodão é apenas parte deles, as demais substâncias mais comuns presentes nos absorventes são: gel de poliacrilato, rayon, poliéster, polietileno, polipropileno,celulose e fibras.

 

O Poliéster, Polipropileno e Polietileno são feitos a partir de petróleo, água, ar, álcool e ácido, e liberam um tipo de gás irritante da mucosa vaginal. Revestem os absorventes tornando-os ultra absorventes, não permitido a passagem do ar e, tornando o local abafado, quente e úmido, o que propicia a proliferação de fungos e bactérias, responsáveis pelo mau cheiro na menstruação. O sangue menstrual, em condições saudáveis, não cheira mal. Tem apenas cheiro de sangue. O que causa o odor ruim é o contato com o absorvente contendo essas substâncias.

O Rayon e o gel de Poliacrilato tem características abrasivas, que além causarem irritação podem aumentar a incidência de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), devido a pequenos cortes e úlceras que facilitam a entrada dos germes.

Sabemos que existem vários casos comprovados de Síndrome do Choque Tóxico causada pelo uso de absorventes internos. Síndrome do Choque Tóxico é uma reação que ocorre a partir de Stafilococcos, uma bactéria muito comum presente na flora natural de nosso organismo, mas que em determinadas circunstâncias produz uma toxina que causa um mal estar grande e repentino (dor, tontura, febre, vômitos, queda de pressão) que pode levar à morte. Estudos correlacionam essa questão ao uso dos absorventes internos por conterem o Rayon, que permite seu uso de forma prolongada e causa toxidade.

Outra substância cuja presença na composição dos absorventes é controversa é a Dioxina. Dioxina é um poluente orgânico, subproduto dos processos industriais que utilizam cloro. Ela faria a parte do branqueamento dos absorventes, estando presente na produção da polpa de papel e do Rayon. Estudos apontam a relação das Dioxinas com proliferação endometrial, endometriose, cânceres diversos e alterações hormonais, podendo causar aumento do fluxo menstrual.

Ela esta presente em muitas outras coisas que utilizamos por aí, e se livrar do tanto de substâncias tóxicas a que somos expostos diariamente nesse mundo é praticamente uma utopia. Mas, a mucosa vaginal, especificamente é fina e delicada, ultra absorvente e sensível. Se pudermos preservá-la, já que temos essa opção, muita coisa pode mudar em nossa saúde ginecológica.

SAÚDE MENSTRUAL –  A saúde menstrual é um dos principais determinantes da saúde ginecológica. Ela inclui os cuidados que temos com nossa menstruação.

Tomarmos banho quando estamos menstruadas (não é óbvio pra todo mundo), usarmos roupas que permitam arejar, não apertadas na barriga, repousar, são alguns exemplos de cuidados da chamada “higiene menstrual”, mas não são regras – imagina, a essa altura alguém vir dizer o que pode e o que não pode fazer menstruada.

De uma forma geral , o ideal seria não se forçar a fazer atividades, sejam físicas ou mentais, que não estiver se sentindo bem para fazer (quando isso for possível, claro).

A saúde menstrual fala também em nos conectarmos com esse momento e compreender sua importância e sua beleza, dessa forma será possível ouvir o corpo e identificar o que vai te fazer bem ou não nessa fase.

A mudança dos absorventes descartáveis para o uso do coletor menstrual ou dos bio absorventes (absorventes de pano) é muito positiva na vida da mulher. Isso leva acima de tudo a uma mudança na relação com a menstruação. A mulher pode ver, tocar, sentir melhor a menstruação, intimamente.

A MENSTRUAÇÃO COMO UM  PERÍODO DE INTENSO PODER DA MULHER, ENERGETICAMENTE FALANDO

Por muitos séculos foi sabido como algo sagrado e hoje jogar nosso sangue em lixões embrulhados em montes de plástico é um triste desperdício de potencial curativo da mulher.

Os coletores menstruais são confortáveis, práticos, seguros, duradouros. Mas, tem algumas mulheres que não se adaptam bem a eles. Muitas sentem ainda a necessidade de deixar fluir o sangue para fora, como uma corrente, mantendo o fluxo.

Para essas e para todas existem também os bio absorventes de pano. Pode parecer muito estranho, ou até um retrocesso voltarmos a usar o que nossas avós usavam, mas testem e decidam por si mesmas E hoje em dia existem uns lindos, no tamanho perfeito, com botãozinho pra fazer abinha e prender na calcinha, estampas fofas e paninhos super macios.

Fonte: Ginecologianatural

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Required fields are marked *