Os benefícios de uma alimentação vegetariana para atletas

O site Vida Saudável do supermercado Jumbo, de Portugal, traz matérias interessantes sobre saúde. Uma delas, fala dos benefícios da alimentação sem nada de origem animal, nas práticas esportivas.

É comum as pessoas questionarem se uma alimentação vegetariana é apropriada para os atletas profissionais, pois muitos acreditam que a ingestão da proteína animal é essencial para o desempenho nos esportes.

No entanto, a Direção-Geral da Saúde daquele país, publicou em 2015 um documento no qual esclarece que, além de reduzir o risco para o desenvolvimento de doenças crônicas, este tipo de padrão alimentar é apropriado para todas as pessoas, incluindo esportistas, desde que seja bem planejado e adequado em todos os nutrientes.

Os autores sugerem que, em teoria, uma alimentação vegetariana poderá otimizar a performance dos atletas ao garantir melhores reservas de energia através do consumo adequado de hidratos de carbono, que é a principal fonte de energia dos desportistas.

Além disso, este tipo de alimentação poderá garantir um maior aporte de antioxidantes na alimentação e, por isso, ajuda a combater o estresse oxidativo gerado durante o exercício.

A alimentação vegetariana poderá também, segundo o artigo, melhorar o balanço ácido-base a nível muscular. Esse tipo de  alimentação, através do maior aporte de nutrientes provenientes dos frutos, vegetais, cereais integrais, algas e leguminosas, poderá aumentar a resistência imunitária e assim evitar que haja faltas em  treinos e competições por motivos de doença.

Da mesma forma, um estudo recente indica que os atletas vegetarianos poderão ter uma vantagem a nível cardiorrespiratório relativamente aos que seguem uma alimentação convencional. Porém, são necessários mais estudos para confirmar estes benefícios.

Além disso, também sabemos que uma alimentação estritamente vegetariana  reduz os níveis de inflamação no corpo, o que poderá ser uma grande vantagem. Por fim, face aos problemas do aquecimento global, os desportistas estão a ser encorajado a seguir uma alimentação que se aproxime cada vez mais de um padrão alimentar vegetariano e vegano, uma vez que esta é uma das soluções mais eficazes para combater este fenômeno climático.

Para ver as referências do artigo clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *