Cantor João Gordo distribuir marmitas veganas para os moradores em situação de rua de SP

Com a pandemia de coronavírus, o número de pessoas passando fome aumentou e a demanda também.  Com isso, projetos como o Solidariedade Vegan, criado por João Gordo e Vivi Torrico fazem muita diferença na vida de várias pessoas. No momento eles  estão precisando de ajuda para continuar distribuindo comida sem crueldade animal aos moradores de rua de São Paulo.

Para preparar cada uma dessas ‘quentinhas’, o custo total é de R$15. Sendo assim, o valor diário para a produção de 100 marmitas é de de R$ 1.500,00. Com essa meta mensal atingida, será possível produzir e entregar, no mínimo, 3.000 marmitas por mês. “Se as pessoas puderem contribuir de alguma forma, esse número pode aumentar”, explicou Vivi.

Marmitas veganas sendo preparadas por Vivi Torrico na Central Panelaço. Foto: Divulgação

Quem puder e quiser colaborar financeiramente, o Solidariedade Vegan criou uma campanha no Catarse e o link para contribuir está disponível  aqui.   Além da ajuda em dinheiro, o projeto também conta com a doação de alimentos e embalagens.

Aos que tiverem condições de colaborar com as entregas das marmitas veganas, também serão bem-vindos. Até o momento, o pessoal do projeto social e cultural Pimp My Carroça, que visa tirar os catadores da invisibilidade por meio da arte e da coletividade, está auxiliando com as entregas.

Arte por @w.loud

Todas as ações podem ser acompanhadas pelo perfil oficial no Instagram: @solidariedadevegan. Diversos artistas já estão participando, doando e divulgando o perfil, que já conta com mais de quatro mil seguidores.

Por enquanto, as distribuições das marmitas veganas estão sendo realizadas na região do Bixiga, próximo à Central Panelaço, local que também abriga o restaurante vegano de João Gordo, que encerrou suas atividades no início do mês passado devido ao covid-19.

Fonte: Hedflow

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *