O primeiro mapa impresso da baixa vegetariana do Porto!

Cidades como Berlim, Barcelona, Londres e Turin já são considerados paraísos veganos pelo seu estilo de vida e cidades de  Portugal, como o Porto, estão seguindo o mesmo caminho.

O VEG AND GO! Porto é o primeiro mapa impresso com informações específicas sobre os locais mais diversos com cerca de 40 restaurantes veganos, vegetarianos e que possuem opções vegetarianas ou veganas, no centro do Porto, em Portugal.

A Aliança Animal, criadora do VEG AND GO! Porto é uma organização que trabalha com os diversos setores e membros da sociedade no sentido de fomentar o respeito pelos animais.

A organização é gerida por Maria José Aragão, autora do livro “Omeletas sem ovos”, experiente na culinária vegetariana com mais de cem oficinas, e por Elisa Nair Ferreira, advogada, coordenadora do Animal Observatório e artista plástica. A Aliança conta com dezenas de aliados para realizar seu trabalho: cidadãos, empresas, associações, escolas e municípios e é uma entidade independente, sem afiliações políticas ou religiosas.

Como o mapa físico não permite inserir muito mais e como a oferta não pára de aumentar, brevemente,  será lançado o mapa online, devidamente atualizado em alianca-animal.org/vegandgoporto.

Esta edição é em inglês para poder chegar a mais pessoas e contempla, ainda, alguns locais onde comprar produtos 100% vegetais, alguns projetos de comida vegana e algumas sugestões dos pratos. O design e conceito foram desenvolvidos por Camila Aldrighi, uma designer brasileira, que se mudou para o Porto para fazer o mestrado na Faculdade de Belas Artes (FBAUP). Em parceria com a Aliança Animal, Camila desenhou o conceito e o mapa como projeto de mestrado.

Os mapas Veg And Go!, distribuídos de forma gratuita nos postos de turismo oficiais da cidade desde do dia 4 de agosto, já “estão quase esgotados”. Para o ano, o objetivo é lançar uma nova edição atualizada da “baixa vegetariana do Porto”, já com patrocinadores.

VEG AND GO! Porto

Facebook: Aliança Animal

Site: Aliança Animal

Fonte: Público PT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *