A eficácia do Reiki em animais

Nesta matéria exclusiva, contamos com a querida Mestre em Reiki Cristine Cota para nos explicar sobre a aplicação e a eficácia desta técnica milenar em animais.

O Reiki é uma terapia oriental realizada através da imposição das mãos do terapeuta sobre o paciente (seja humano, animal ou vegetal). É aplicada com toques suaves pelo corpo em pontos energéticos. É um tratamento indolor, sem riscos e não tem vínculos religiosos. É um método de cura natural pelas mãos e é uma energia inteligente.

A terapia Reiki em animais tem se mostrado muito eficiente, age da mesma forma que nos seres humanos, promovendo o bem estar, o equilíbrio e a cura de forma integral. Os animais, por serem muito sensíveis, abertos e receptivos, não possuem bloqueios intelectuais que podem dificultar o fluir da energia. Por isso, a terapia Reiki está cada vez mais presente na Medicina Veterinária.

Atua em animais pelos mesmos princípios que em seres humanos. A terapia deixa o animal relaxado e dócil. O Reiki atua em quatro aspectos de qualquer ser: o físico, o emocional, o mental e o espiritual.

O Reiki pode ser usado para tratar problemas de comportamento como agressividade, estresse, depressão e também após cirurgias, ajudando no processo de cicatrização. Em animais idosos promove uma melhora na qualidade de vida e em animais com doenças terminais ajuda a suavizar e dar mais conforto, aliviando a dor e facilitando a transição para a morte.

Transição de energia – O toque do Reiki realiza uma limpeza profunda no organismo do animal, eliminando toxinas e equilibrando-o energeticamente. Desde as primeiras aplicações são visíveis os resultados.

foto2

O terapeuta é um instrumento de transição de energia, através da qual ela flui para o organismo do animal. O terapeuta não fica esgotado após a aplicação e também não absorve a energia negativa do animal – pelo contrário, o terapeuta sente-se revigorado após cada sessão.

Para os animais saudáveis, ajuda a manter a saúde, melhora o relaxamento e promove uma sensação de calma e contentamento.

Todos os animais podem ser tratados com a terapia Reiki. Nos animais domésticos e mansos, o tratamento é feito por imposição direta das mãos. Para os animais de grande porte, agressivos e os animais silvestres utiliza-se o Reiki a distância. Nesse caso, apenas o Reikiano Nível II poderá fazer esse tratamento. Seja presencialmente ou a distância, os tratamentos são igualmente eficazes, como temos visto em diversos relatos.

Os animais têm a capacidade de absorver a energia de forma mais rápida e intensa do que os humanos. Depois de um tratamento, imediatamente já podemos observar os resultados, apesar de alguns tratamentos exigirem sessões regulares para completar o processo de cura.

O terapeuta atua como um instrumento para a transmissão da energia que flui para o bem maior. O Reiki sempre vai à origem dos problemas de saúde, trazendo a cura em todos os níveis, não tendo barreiras de tempo/espaço.

Como os animais não falam, somos nós que temos que estar atentos às mais sutis alterações em seu comportamento.

Observações necessárias

Essas são algumas situações que precisam de nossa atenção:

  • O animal apresenta-se apático e não reage mesmo quando o seu dono chega em casa depois de um dia inteiro ausente;
  • O animal lambe-se mais do que é normal (sim, a lambedura em excesso é um sinal de estresse no animal);
  • Não tem apetite;
  • Não tem energia para brincar;
  • Dorme mais tempo do que o normal;

Além de levá-lo ao veterinário, para que o seu estado de saúde seja avaliado, os tratamentos veterinários podem e devem ser acompanhados de sessões terapêuticas de Reiki, que funcionam como um tratamento complementar eficaz, produzindo vários efeitos benéficos, como:

  • Acalmar o animal;
  • Potencializar o efeito benéfico dos medicamentos;
  • Contribuir para um maior restabelecimento da saúde do animal.

35Bem estar e vida saudável – O Reiki atua em todos os níveis: comportamento, temperamento, alimentação, eliminação e doenças em geral. Quanto mais cedo se iniciar o tratamento, mais rapidamente o animal recupera a saúde e o bem-estar.

Não pense que apenas para animais que estão apresentando problemas de saúde é que o Reiki pode ser útil. Mesmo que o seu animal esteja bem, saudável e tranqüilo, uma sessão de Reiki será muito agradável para ele.

É muito comum que nossos animais “absorvam” as energias negativas que podem estar presentes em nossa casa. Seja por uma pessoa que está doente, ou mesmo por problemas emocionais de alguém que convive com ele. É por isso que devemos manter o nosso ambiente limpo de energias pesadas, para assim contribuirmos para a saúde dos nossos animais.

Um ambiente que sempre está recebendo limpezas de Reiki também está contribuindo para a saúde do nosso animal de estimação.

Para o tratamento:

  • Procure deixar o animal relaxado;
  • No horário estipulado, sente-se confortavelmente com o animal;
  • Desligue o telefone e o celular;
  • Se possível, coloque uma musica suave;
  • Relaxe e aproveite o tratamento, pois você será tratado indiretamente também;
  • É normal o animal aceitar a energia, brincar sozinho, abanar o rabo ou até mesmo dormir;
  • Permita sua mente se silenciar e se desligar de todos os pensamentos e medos. Assim você poderá focalizar sua atenção na experiência presente.

Depois do tratamento:

Sem títuloDê bastante água logo após o tratamento, pois muitos se sentem desidratados pela eliminação das toxinas para fora do corpo, o que acontecerá durante os próximos três dias.

Se você já é um Reikiano, comece desde já a cuidar do seu animalzinho. Se não é, procure um Mestre de Reiki habilitado e seja você também mais um curador nesse Universo que tanto precisa de mãos trabalhando a serviço do bem !

Cristine Cota 
Mestre em Reiki Usui Tradicional 

 Fanpage Mestre Cristine Cota 

Um comentário em “A eficácia do Reiki em animais

  • 2 de outubro de 2017 em 09:47
    Permalink

    Valiosos textos , levei para compartilhar.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *