Ovo de páscoa vegano feito com beterraba, sem glúten e sem lactose

Cacau com beterraba, cenoura ou com maçã. Zero glúten e lactose . Estas são as características do chocolate, produzido por uma startup de alunos da UFG, que foi feito para quem tem alergia, intolerância alimentar ou prefere a alimentação vegana.

Gustavo Henrique Amaral Monteiro Rocha tinha 16 anos, em 2014, quando sua irmã, Lara, de 10 anos, precisou fazer uma dieta para emagrecer. O estudante pesquisou e desenvolveu uma fórmula de chocolates com cacau e vegetais, como a rúcula, que funcionou muito bem para a menina, e passou a integrar um projeto de empreendedorismo do IFG, onde Gustavo cursava o Ensino Técnico em Química.

Em 2016, já na faculdade de Engenharia Química, o estudante venceu um desafio promovido pelo Centro de Empreendedorismo e Incubação da UFG, com uma proposta para estimular o consumo de chocolates mais naturais e acessíveis economicamente.

Em 2017, fundou a Nutricandies, que conta com o apoio do programa de pré-incubação do CEI UFG, nas áreas de gestão, mercado e finanças. Além dele, a startup possui duas sócias, Joyce Beatriz, acadêmica Engenharia de Software, e Ana Caroline Teixeira, estudante de Farmácia, também alunas da UFG.

Glaubia Cavalcanti, empresária, compra quatro potes por mês .”Tenho filhos adolescentes, de 14 e 16 anos, eles adoram e eu também.Comemos puro, com tapioca, com pão e usamos para fazer bolo”, garante.

Leia mais:

Nutricandies: a alquimia do cacau com extratos vegetais

Startup goiana lança chocolate à base de cenoura

Fonte: Curta mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *